Justiça determina reintegração de trabalhadora do Hospital Regional de Iguatu

339

A auxiliar de enfermagem Sônia de Almeida, servidora da Fundação de Saúde Pública do Município de Iguatu, gestora do Hospital Regional de Iguatu, por decisão da Justiça, em ação movida pelo Sindsaúde Ceará, foi reintegrada à sua função no último dia 01/10.

Sônia foi reintegrada ao trabalho após cerca de um ano de seu afastamento indevido.

Sônia foi exonerada há cerca de um ano, após decidir seguir trabalhando mesmo depois de se aposentar. Ela ingressou na Justiça através da assessoria jurídica do Sindsaúde Ceará pedindo a reintegração. A Justiça acolheu o pedido e determinou no início desde mês a reintegração da auxiliar de enfermagem aos serviços no Hospital Regional de Iguatu.

Para a diretora do Sindsaúde Josefa Sobreira, esta é mais uma importante vitória da categoria. “Esta vitória é fruto do nosso trabalho em defesa dos trabalhadores da saúde” – afirmou. “Vamos seguir lutando” – concluiu.

Para o assessor jurídico Alan Bezerra, é motivo de alegria poder acompanhar mais esta vitória de uma trabalhadora da saúde. “A Justiça foi feita” – afirmou. A auxiliar de enfermagem Sônia de Almeida esteve na sede do Sindsaúde, em Iguatu, e informou que já voltou ao trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here