FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  23/11/2017 

Trabalhadores realizam nova paralisação nesta sexta-feira, 24/11, no Hospital do Coração

 
Depois de várias reuniões, sem garantia de pagamento, trabalhadores decidiram em assembleia que vão parar atividades mais uma vez. Ato de protesto será realizado a partir das 7 horas da mahã em frente ao hospital.
 
O Hospital do Coração, em Messejana, conta hoje o serviço de 970 profissionais de saúde, ligados à Coosaúde. Eles atuam em funções tanto do nível médio como superior e até esta data não receberam ainda os pagamentos referentes a dois meses de serviços prestados.  Sem solução para o problema, os trabalhadores decidiram, em assembleia com dirigentes do Sindsaúde, nesta quinta-feira, 23/11, parar as atividades por todo o dia nesta sexta-feira, 24/11, a partir das 7 horas da manhã.  
 
Segundo os próprios trabalhadores, o diretor do hospital reuniu os cooperados e disse que não tinha nada a ver com o atraso nos pagamentos.  Por conta da ameaçada de paralisação, que tinha sido anunciada para hoje, todas as cirurgias eletivas teriam sido desmarcadas.  Para a população atendida na unidade, um problema que só agrava a situação no hospital, onde tem faltado material para realizar os atendimentos. 
 
“Esse atraso constante nos pagamentos dos cooperados só evidencia o quanto é precária essa relação de trabalho” – afirma Marta Brandão, presidente do Sindsaúde. Segundo ela, a situação chega a ser ainda pior que a terceirização através de empresas. “Quando presta serviços pela Coosaúde, o trabalhador recebe por hora trabalhada e não tem direito nem a vale transporte, quem dirá 13º e férias. É um desrespeito absurdo com o trabalhador” - conclui.  Marta Brandão explica que o Sindsaúde buscou soluções junto à Secretaria da Saúde do Estado, à direção do hospital e junto à Coosaúde, mas nada foi resolvido.  Muitos trabalhadores já deixaram de cumprir os plantões porque não tem sequer o dinheiro da passagem. 
 
De acordo com informações do contrato da Coosaúde com a Secretaria da Saúde do Estado, técnicos de enfermagem recebem por hora diurna trabalhada R$ 10,97. A hora noturna custa R$11,31.
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará
 
Última atualização: 23/11/2017 às 13:56:12
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Guilherme Rocha, 883 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.115-120

Fone: (85) 3251.9050 / 3212.5109  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS