FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  24/09/2018 

SMS volta atrás e vai manter porteiras nas unidades de saúde

Porteiras que estavam ameaçadas de demissão devem permanecer na função.
 
Cerca de 86 porteiras que atuam na portaria dos postos de saúde de Fortaleza estavam sendo ameaçadas de ser demitidas e substituídas por homens. A proposta foi divulgada nas redes sociais pela então secretária adjunta da saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite. 
 
 
Em reunião extraordinária do Conselho Municipal de Saúde, no dia 20/09, o assunto foi debatido e o diretor do Sindsaúde e também conselheiro Ulisses Vilar defendeu a permanência das trabalhadoras por considerar a substituição uma atitude discriminatória. A secretária Joana Maciel informou que vai manter as trabalhadoras nas portarias e que a proposta de mudança não passou de um equívoco.  Ulisses Vilar reforçou ainda junto à secretária a necessidade de convocar os cerca de 500 guardas municipais que estão no cadastro de reserva do último concurso.
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará
 
Última atualização: 24/09/2018 às 13:09:30
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS