FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  20/11/2018 

Auxiliar de enfermagem agredida em hospital terá assistência jurídica do Sindsaúde

 
Uma auxiliar de enfermagem agredida pelo marido de uma paciente que estava em trabalho de parto procurou na manhã desta terça-feira, 20/11, a assessoria jurídica do Sindsaúde para pedir orientações sobre como proceder após o ocorrido. A agressão ocorreu, de acordo com o Boletim de Ocorrência, no dia 03/10, em um apartamento do Hospital Gastroclínica. O advogado Francisco Sousa, que atendeu a trabalhadora, que prefere não ser identificada, vai acompanhar o inquérito. Um depoimento já está agendado para o dia 27 de novembro próximo. O Sindsaúde vai ingressar ainda com ação na Justiça pedindo indenização por danos morais contra o agressor.
 
O final de semana foi marcado pela violência contra profissionais da enfermagem em hospitais cearenses. No sábado (17/11) o técnico em enfermagem Rodrigues Júnior, que trabalha no Hospital Regional Dr. Pontes Neto, em Quixeramobim, foi agredido pelo acompanhante de uma paciente que estava em atendimento. Já no domingo (18/11) uma técnica em enfermagem foi espancada pela mãe de uma criança que se encontra internada na UTI Neonatal do Hospital Geral Dr. César Cals, em Fortaleza. A vítima, que registrou Boletim de Ocorrência no 14º Distrito Policial, irá passar por cirurgia para corrigir a fratura na mão decorrente das agressões.
 
Os dois casos ocorridos no último final de semana somam-se às diversas denúncias de agressões físicas e verbais que chegam ao Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE) através da ouvidoria do órgão. Este ano, foram registradas 12 denúncias de agressões físicas contra profissionais da enfermagem. O número é maior que o total de casos registrados em 2017, quando 9 profissionais denunciaram as agressões sofridas em todo o Estado.
 
O Sindsaúde repudia a violência contra os profissionais da saúde no exercício de suas funções e cobra mais segurança para os trabalhadores. 
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará
 
Última atualização: 20/11/2018 às 11:19:15
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS