FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  01/04/2019 

Sindsaúde vai a SESA discutir fim da GITQ e proposta de novas gratificações

 
 
Pela proposta apresentada na SESA, a nova gratificação por produtividade deverá ser de 600 reais para os servidores da saúde do nível médio, independente da unidade onde estejam lotados.
 
Dirigentes do Sindsaúde e de outras entidades sindicais representativas dos servidores da saúde do Estado participaram na manhã desta segunda-feira, 01/04, de reunião com o secretário da saúde do Estado, Cabeto Martins. Em pauta, a criação do plano de gratificações para os servidores da saúde do Estado, em substituição à GITQ, que será extinta após parecer da Procuradoria Geral do Estado. O secretário executivo da Saúde, Marcos Maia, fez a apresentação de uma planilha, onde descreveu os pagamentos da GITQ em dezembro passado e apresentou a proposta de valores para as novas gratificações. 
 
Pela proposta, a gratificação por Desempenho dos Resultados(Produtividade) terá três valores mínimos: R$ 1.500,00 para médicos, R$ 1.100,00 para nível superior(não médicos) e R$600,00 para servidores do nível médio. 
 
Samu deve ser beneficiado com gratificação
 
Perguntado pelo dirigente do Sindsaúde, Messias Carlos, o secretário Marcos Maia revelou que os servidores do Samu estão incluídos no Plano de Gratificações devendo passar a receber a Gratificação por Desempenho.  Hoje, esses servidores não recebem a GITQ.
 
Durante a reunião, surgiram questionamentos sobre como ficará a situação de servidores que tem duas matrículas e outros que trabalham com complementação de carga horária. No primeiro caso, foi esclarecido que será paga uma gratificação por matrícula. Já no segundo caso, não há previsão de acréscimo no pagamento. O secretário esclareceu que, pelo Plano, serão aumentadas as gratificações de cerca de 80% dos servidores, reduzindo distorções que foram identificadas no pagamento da GITQ. 
 
Durante a reunião, não ficou claro quais serão os critérios para o pagamento da nova gratificação. Diante disso, o Sindsaúde está solicitando uma nova reunião para discutir sobre as regras para que o servidor da saúde tenha direito à Gratificação por Desempenho dos Resultados(Produtividade).
 
A presidente do Sindsaúde, Marta Brandão, afirma que, á primeira vista, a proposta é favorável aos servidores da saúde do nível médio, já que os 617 técnicos e técnicas de enfermagem do Estado devem passar a receber uma gratificação maior. O valor médio de R$ 300,00 deve passar para R$ 600,00.  Marta esclareceu que o secretário deixou aberto um canal de diálogo com o Sindsaúde para discutir e propor mudanças no Plano. 
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará
 
Última atualização: 02/04/2019 às 09:49:37
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS