Ato da Enfermagem Cearense contra a decisão do STF que suspende o pagamento do piso salarial é destaque no Portal Terra da Luz

58

Sindicalistas realizaram um abraço no prédio no Tribunal

Enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras realizaram ato público, na manhã desta quarta-feira (04/01), em frente ao prédio da Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 7ª Região, na aldeota. Os profissionais questionam a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da manutenção da liminar que suspende o pagamento do piso das respectivas categorias.

O Congresso Nacional aprovou duas emendas que garantem, por reconhece o pleito, o piso salarial dos enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras. Desta forma, ficou decidido em plenário o salário de R$ 4.750 para enfermeiros, R$ 3.325 para técnicos e R$ 2.375 para auxiliares de enfermagem e parteiras.

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Ceará (Sindsaude) destaca que o piso será custeado pelo superávit financeiro de fundos públicos e do Fundo Social, descaracterizando a suposta preocupação do Judiciário e prefeituras. “Não haverá colapso econômico, pois há garantias previstas no orçamento”, concluiu Marta Brandão, presidente do Sindsaude.

Confira Matéria no Portal Terra da Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here