Destaque no GCMais: Profissionais da enfermagem realizam ato em Fortaleza contra suspensão do pagamento do piso salarial

58

Trabalhadores da enfermagem cearense interromperam o trânsito durante intervalos curtos

Enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras realizaram ato público, na manhã desta quarta-feira (4), em frente ao prédio da Tribunal Regional do Trabalho (TRT) – 7ª Região, no bairro Aldeota, em Fortaleza. Os profissionais questionam a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da manutenção da liminar que suspende o pagamento do piso das respectivas categorias.

O Congresso Nacional aprovou duas emendas que garantem, por reconhece o pleito, o piso salarial dos enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras. Desta forma, ficou decidido em plenário o salário de R$ 4.750 para enfermeiros, R$ 3.325 para técnicos e R$ 2.375 para auxiliares de enfermagem e parteiras.

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Ceará (Sindsaude) destaca que o piso será custeado pelo superávit financeiro de fundos públicos e do Fundo Social, descaracterizando a suposta preocupação do Judiciário e prefeituras. “Não haverá colapso econômico, pois há garantias previstas no orçamento”, concluiu Marta Brandão, presidente do Sindsaude.

Vestidos de branco, com intuito de sensibilizar o judiciário, os trabalhadores da enfermagem cearense interromperam o trânsito durante intervalos curtos e encerraram a ação abraçando o prédio do TRT.

Confira Matéria no Portal GCMAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here