ACE de Pacajus: greve completa uma semana

156



Sexta-feira, 13/02, pela manhã, os Agentes de Combate a Endemias de Pacajus, sob o comando do Sindsaúde/CTB, promoveram manifestação em frente à igreja matriz. Os ACE estão de greve desde 9 deste mês, reivindicando o pagamento do piso salarial fixado em lei municipal, adicional de insalubridade e equipamentos de trabalho.  


Com mais de 60 mil habitantes, Pacajus  é o único município da região metropolitana de Fortaleza que não paga adicional de insalubridade aos Agentes de Endemias, uma das profissões com risco altissimo de contaminação por doenças. Pacajus tem 29 ACE efetivos, mas o prefeito Marcos Paixao, do PT,  não tem demonstrado a menor disposição de negociar, apesar da importância do trabalho dos ACE para a população.


Na manifestação do dia 13/02, estiveram presentes a Diretora do Sindsaúde Marli Pereira, o Presidente da CTB, Luciano Simplicio e o diretor da CTB, José Teles. A Vereadora, do Pc do B, Lívia Menezes  e o Vereador João Eudes (PSDB) também marcaram presença na manifestação, declarando o apoio do legislativo de Pacajus às reivindicações dos ACE.


Veja fotos da caminhadada realizada em 13/02/2015, AQUI.