ACS de Caucaia protestam em frente à prefeitura

94

Cerca de 150 agentes de saúde participaram do ato, exigindo que a prefeitura envie a minuta do projeto que institui o piso salarial dos ACS para votação na Câmara Municipal. 


 


Com o apoio do Sindsaúde, cerca de 150 Agentes Comunitários de Saúde(ACS) participaram na manhã desta terça-feira, 19 de maio de 2015, de ato em frente à Prefeitura de Caucaia. O prefeito não estava na Prefeitura mas o Secretário da Saúde, Deuzinho Filho, se comprometeu a receber uma comissão de representantes dos trabalhadores hoje, às 14h30 horas.


.


O projeto de lei que institui o abono salarial que deve complementar o piso dos ACS para que chegue ao valor do piso nacional, que é de R1.014,00,  não chegou à Câmara Municipal para votação. A minuta do projeto, acertado em negociação com o secretário da Saúde, Francisco Deuzinho de Oliveira Filho, foi protocolada na Procuradoria do Município no  dia 24 de abril deste ano, após ato realizado pelos ACS em frente à Secretaria da Saúde de Caucaia.


 


O projeto de lei saiu da procuradoria no dia 8 de maio e seguiu para a Secretaria de Finanças para ser elaborado o relatório de impacto financeiro da proposta. Pelo acordo firmado, o abono salarial para complementar o piso da categoria já deveria ter sido instituído para sair na folha de pagamento do mês de maio.


 


Ao todo, Caucaia conta com cerca de 200 agentes comunitários de saúde vinculados ao município. 


 


Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará