Assembleia para deliberar greve dos servidores do Estado ocorrerá no dia 7

735


Com energias acumuladas após o calendário de paralisações, os servidores de nível médio da Saúde do Estado se preparam para greve. Vamos realizar assembleia no dia 7 de agosto, às 8h, na Praça do Ferreira.

Exigimos do governo Cid Gomes compromissos assumidos duas vezes com a direção do Sindsaúde e solenemente descumpridos: reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), gratificações por plantões aos finais de semana, e, para os agentes de saúde, adicional de insalubridade e licença maternidade de seis meses.

Vamos fazer greve e a culpa é do governo, que desrespeita os trabalhadores! Os servidores estão morrendo de trabalhar, literalmente, porque o salário base de R$300,00 (caso de muitos) não dá para nada e acabam fazendo plantões extras, ficando sobrecarregados.

Nos últimos dois anos, houve 5 mortes no Hospital do Coração. As vítimas estavam cansadas de tanto trabalhar, plantão em cima de plantão. Isso é uma vergonha para o governo do Estado, um verdadeiro escândalo!

Servidores, estamos com tudo nas mãos! Os agentes comunitários de saúde iniciarão greve no dia 8 de agosto. Essa é a hora de mostrar ao governo Cid Gomes que não vamos mais engolir desrespeito! À luta, servidores! Só assim sairemos vitoriosos!

Reveja os principais momentos dessa luta:

Assembleia na Praça do Ferreira – 8 de fevereiro

Ocupação do Palácio da Abolição – 31 de maio

Paralisação no Hospital São José – 29 de junho

Paralisação no Hospital Albert Sabin – 3 de julho

Paralisação no Hospital do Coração de Messejana – 5 de julho

Paralisação no HGF – 10 de julho

Paralisação no Hospital Mental – 12 de julho

Paralisação no Hospital César Cals – 17 de julho