Ato cobra pagamento de 16ª plantão no Hias

113

Na sexta-feira após o carnaval (15), o Sindsaúde realizará ato no Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), às 7h. O objetivo é cobrar da nova diretora-geral, Marfisa Portela, reunião para resolver o problema do 16º plantão, que não é pago aos servidores.

Já no dia 8/1, o sindicato enviou ofício ao Hias solicitando reunião com Marfisa. Como não obtivemos resposta, no dia 4/2 enviamos outro ofício, reiterando o pedido de reunião.

16º plantão

O Hospital Albert Sabin descumpre a portaria 49/2010, que estabelece que o servidor deve dar o plantão e ter 48 horas de descanso, no mínimo.

O ex-diretor, Walter Frota, resolveu ignorar esta regra, instituindo, nos meses de 31 dias, o total de 11 plantões para quem trabalha em escala ordinária e 16 plantões para os que trabalham em escalas contendo extras. 

Com esta regra imposta pelo Dr. Walter, nos meses de 31 dias, o plantonista trabalha mais um dia, sem receber remuneração e, em muitos casos, trabalha até três plantões seguidos, desrespeitando a regra instituída pela citada portaria.

Esperamos que a determinação ilegal da direção anterior seja revogada. Caso contrário, entraremos na Justiça, já que de todos os hospitais do Estado do Ceará, somente a direção do Hias descumpre a portaria da Secretaria de Saúde.