Ato no Hospital Antônio Prudente reforça pressão pela Convenção Coletiva

282



O Sindsaúde realizará ato no Hospital Antônio Prudente nesta quinta-feira, 26 de junho, a partir das 6h30, na porta do hospital. A intenção é cobrar a celebração da Convenção Coletiva 2014 com os hospitais privados e filantrópicos, garantindo reajustes decentes para a categoria, ticket alimentação e criação de novos pisos salariais.


O sindicato tenta negociar com os patrões desde o início do ano, no entanto, sem avanços. A última reunião ocorreu no dia 10 de junho e ficou muito aquém das expectativas: reajuste geral de 6%, reajuste sobre os pisos de 7%, sem criação de novos pisos salariais, a exemplo de maqueiro, porteiro e auxiliar de serviços gerais, e também sem a instituição do ticket alimentação.


Além disso, os patrões querem alterar a cláusula da Convenção Coletiva 2013 que proíbe a dobra de plantão, permitindo assim a dobra nas situações de urgência e emergência. “Isso é o mesmo que eliminar a cláusula, pois situações de urgência e emergência fazem parte de qualquer estabelecimento de saúde. De nosso lado, entendemos que a proibição da dobra permite melhor serviço e segurança para trabalhadores e clientes”, destaca a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão.


A mobilização faz parte de uma série delas prevista em calendário a ser divulgado. A primeira ocorreu no Hospital Otoclínica, no último dia 24.