Ato no Hospital Municipal de Caucaia denuncia péssimas condições de trabalho

438

O Sindsaúde realizou na manhã desta terça-feira, 12/05, manifestação na frente do Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, em Caucaia.O objetivo foi reivindicar melhores condições de trabalho para os funcionários da unidade. 


 


Na ocasião, uma funcionária usou o microfone para denunciar que foi demitida depois fazer reclamações sobre as péssimas condições de trabalho. Os trabalhadores dizem sofrer terrorismo das coordenadoras do hospital e denunciam ainda que atestado médico de funcionário terceirizado não é aceito. E quando o funcionário questiona, sofre ameaça de demissão. No refeitório, os profissionais aguardam em média 20 minutos na fila por falta de pratos e ainda lidam com as grosserias da nutricionista. O hospital não oferece banheiro exclusivo para seus funcionários, tendo estes que utilizar o banheiro dos pacientes. 


 


Os trabalhadores reclamam também do acúmulo de atividade em setores fechados, dos maus tratos por causa da falta de médicos e da falta de material de consumo e equipamentos de proteção individual. 


 


O Sindsaúde vai enviar ofício à Secretaria da Saúde de Caucaia pedindo reunião para tratar sobre as condições denunciadas pelos profissionais do Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha.


 


Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará