Ato no próximo dia 11 defenderá proposta das 30 horas

195

Ampliado em sua composição, o Fórum Nacional 30 horas já!: Enfermagem unida por um só objetivo se mobiliza para grande ato nacional, no próximo dia 11, em defesa da regulamentação da jornada de trabalho dos profissionais da enfermagem, proposta no PL 2.295/2000. O objetivo das entidades que compõem o fórum (CNTS, FNE, ABEn, Cofen, Anaten, ENEEnf e CNTSS) é reunir mais de cinco mil profissionais de todo o país, em Brasília, para cobrar do governo e dos deputados o compromisso assumido pela aprovação do projeto em regime de urgência. O projeto já foi aprovado por unanimidade pelos senadores e aguarda inclusão na pauta da Câmara dos Deputados para votação em plenário desde 2009.

Nesse dia, haverá concentração às 9h no início da Esplanada dos Ministérios e caminhada até o Congresso Nacional para o grande ato 30h já para a enfermagem não parar, com participação e apoio de dirigentes das centrais sindicais, de entidades nacionais e estaduais representativas da categoria e demais trabalhadores na saúde e parlamentares comprometidos com a causa, além de animação cultural.

Das 14, às 16h30, haverá audiência pública no auditório Nereu Ramos, da Câmara. Dirigentes das entidades coordenadoras do Fórum e deputados federais e estaduais enfermeiras participarão da mesa de abertura do evento, a ser presidida pelo presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Vitor Paulo. Entre os temas das palestras estão o projeto Enfermalegria; relato de caso; condições de trabalho da enfermagem x adoecimento. Os deputados serão alertados em tema sobre quanto vale o voto da enfermagem.

Para o sucesso do ato em abril é preciso que as entidades organizem caravanas para Brasília. A CNTS, com sua diretoria e federações filiadas e como membro da coordenação do Fórum 30 horas já, participará ativamente das atividades e trará trabalhadores da saúde, em especial os da enfermagem, para fortalecer o grande ato, por entender que a demanda é uma questão de coerência e justiça e que a redução da jornada trará benefícios não apenas para os profissionais da enfermagem, que terão melhores condições de trabalho e de vida, como também para a sociedade, que terá serviços de qualidade.

Semana da Enfermagem


A mobilização terá continuidade no mês de maio, durante as programações da Semana da Enfermagem, de 12 a 20. Está prevista uma vigília permanente em Brasília até que o PL 2.295 seja aprovado na Câmara, sem alteração do texto para que o mesmo não retorne ao Senado, e a conseqüente sanção de lei pela presidente Dilma Rousseff. A coordenação do ato pede que as entidades enviem informações sobre as atividades realizadas nos estados e de como irão participar do evento em Brasília para a equipe de comunicação do Fórum 30h, aos cuidados da enfermeira Eliane Santos, no e-mail draelianesantos@hotmail.com“>draelianesantos@hotmail.com, até o dia 28 de março.

Fonte: CNTS