Ato pede fim do assédio moral na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza

85



O Sindsaúde Ceará realizou na manhã de terça, 9,  um ato pelo fim do assédio moral na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza.  Parte dos  trabalhadores cruzaram os braços entre 6h30 e 7h30 da manhã. A paralização foi  contra a postura da Gerência de Hotelaria da instituição.  


Há denúncias de suspensões para funcionários sem justificativas. Além disso, os funcionários estão proibidos de repousar, de passar sua hora de lazer, dentro da Santa Casa, tendo que recorrer ao Passeio Público.


A nova gerente de hotelaria está implantando um sistema de vigilância, onde câmeras instaladas no refeitório dos acompanhantes e na copa mostram todo o movimento dos funcionários. Uma pressão psicológica que afeta a saúde e o desempenho dos profissionais.


Foto: Cristhyana Abreu