Audiência pública discute falta de atendendimento aos servidores públicos por hospitais conveniados ao ISSEC

98

Na tarde da última quarta-feira (8), foi realizada uma audiência pública na assembleia legislativa para discutir a falta de atendimento médico aos servidores públicos estaduais, por hospitais particulares conveniados ao Instituto de Saúde e Seguridade do Estado do Ceará (Issec). Os convênios entre o programa de saúde e as unidades hospitalares teriam sido cancelados pelo Estado. 


 



O deputado Renato Roseno (PSol), que  sugeriu a audiência, defendeu que a saúde é um direito social fundamental e deve ser garantida pelo Estado. O superintendente do Issec, Olavo Peixoto Filho, afirmou que os recursos foram repassados, mas os servidores públicos alegam que procuram atendimento e as clínicas dizem que o convênio não foi pago. 


 


A deputada Augusta Brito (PCdoB), da comissão de saúde da câmara e o deputado Renato Roseno se comprometeram em visitar as clínicas para verificar se o servidor está sendo atendido ou não. 


 


Será marcada uma outra audiência, que ainda está sem data definida, para o Issec apresentar a real situação dos credenciamentos e valor do orçamento do órgão. 


 


Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará