Começa votação do plebiscito e pode ser feita também pela internet

110



Após um intenso processo organizacional, começou nesta segunda-feira, dia 1º de setembro, a votação do Plebiscito Popular pela Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político. Diversas urnas estão espalhadas por todo o Brasil para coletar respostas à seguinte pergunta:


“Você é a favor da convocação de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político? ()SIM ()NÃO”


Além de urnas físicas, as pessoas também poderão votar pela internet. O sistema autenticador online é considerado extremamente seguro e evitará assinaturas duplicadas. Basta digitar nome e CPF e dar o seu voto.


O site do Plebiscito também disponibiliza uma lista de locais com urnas para votação. Veja no site: http://www.plebiscitoconstituinte.org.br.


A mobilização está sendo puxada pela Coalizão pela Reforma Política Democrática – da qual a CTB é integrante e atuante –, no âmbito da Semana Nacional de Luta pela Reforma Política Democrática, que intensificará a divulgação do trabalho das 95 entidades dos movimentos sindicais e sociais e a coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular que busca mudar o atual sistema político brasileiro.


A Coalizão considera que, para assegurar as reformas que o país necessita, é essencial alterar primeiro a composição do parlamento brasileiro com a aprovação de uma reforma política democrática. É necessário afastar a influência do poder econômico das eleições, ter um sistema eleitoral em que o voto seja dado em propostas, assegurar a ampliação da representação feminina e dos demais grupos sub-representados nos espaços de poder político e a criar mecanismos para garantir o efetivo exercício da democracia direta. Com isto será possível ter um Congresso mais identificado com as aspirações do povo, abrindo caminho para as demais reformas estruturais necessárias ao aprofundamento do processo democrático. Mas tudo isto só será possível com uma ampla mobilização da sociedade sem a qual nenhuma destas reformas serão aprovadas.


O Projeto de Iniciativa Popular tem 151.509 assinaturas físicas e 171.260 assinaturas eletrônicas, num total de 322.769 assinaturas. É preciso reunir esforços para que o projeto obtenha o total de assinaturas exigido em lei. Participe e ajude na coleta de assinaturas!


Com CUT e CTB.