Comissão do governo apresenta proposta sobre PCCS; servidores farão assembleia

148

Em reunião na Secretaria de Planejamento (Seplag), nesta sexta-feira (17), a comissão do governo (representante da Sesa, secretário-executivo da Secretaria de Planejamento – Seplag –, Eduardo Diogo, e o chefe de gabinete do governador, Danilo Serpa) apresentou ao Sindsaúde o impacto financeiro da pauta dos servidores:

– PCCS: a comissão do governo apresentou 20% de aumento para o código 101, o que teria impacto de R$14 milhões anuais.

– Gratificação por plantões aos finais de semana (R$8 milhões anuais) e adicional de insalubridade para os ACS (R$5,4 milhões anuais).

Para deliberar sobre a proposta de 20% de aumento para o código 101, os servidores de nível médio da saúde farão assembleia nesta segunda-feira (20), às 10h, no Clube da Caixa (Av. Frei Cirilo, 4700 – Messejana).

O chefe de gabinete do governador, Danilo Serpa, levará ao governador Cid Gomes as quatro pautas de reivindicação e o impacto financeiro, caso os servidores decidam aprovar a proposta em assembleia.

Isso vai ser decidido por TODOS NÓS! É muito importante que todos os servidores participem da assembleia para debatermos, coletivamente, essa proposta.


O Sindsaúde vai disponibilizar ônibus saindo do Hospital São José, passando pelo Hemoce e Albert Sabin, e outro ônibus saindo do Hospital César Cals. Os dois sairão às 8h.

Servidores estão de parabéns!









Enquanto a comissão negociava, cerca de 200 servidores faziam sua parte, na entrada da Seplag – apitaço e palavras de ordem como “Saúde na rua, Cid a culpa é sua” demonstraram a força dos trabalhadores.


A greve NÃO acabou! Venha para a assembleia, rumo à vitória!