Em assembleia, funcionários do HUWC, Meac e Hemoce decidirão sobre greve

95

Os funcionários da Sociedade de Assistência à Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Sameac), lotados no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac) e Hemoce farão assembleia nesta sexta-feira (19) para definir se entrarão em greve a partir da próxima semana. A assembleia será às 10h, em frente ao HUWC, nas mangueiras.

Os trabalhadores estão descontentes com a demora no fechamento do Acordo Coletivo 2013. Ainda no início deste ano, o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde (Sindsaúde) entregou à direção da Sameac as reivindicações dos empregados, como reajuste salarial de 12% e vale-alimentação de R$15,00.

A Sameac, por sua vez, oferece reajustes entre 5 e 6%, que foram rejeitados pelos funcionários, em assembleia no dia 10/4. “Desde esse dia, quando oferecemos contraproposta pedindo reajuste salarial de 12%, a Sameac não se pronunciou mais. Já fizemos paralisações, inclusive de uma manhã inteira, e nada foi resolvido”, denuncia a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão.

A Sameac tem cerca de 750 funcionários em setores como enfermagem, laboratórios, administração, processamento de dados, nutrição, manutenção e serviços gerais.

Os funcionários irão se concentrar nas mangueiras, em frente ao HUWC, que fica na Rua Capitão Francisco Pedro, 1290 – bairro Rodolfo Teófilo.

Contatos:

Marta Brandão, presidente do Sindsaúde: 8616.2653 / 9938.8217

Madalena Policarpo, diretora: 8790.9677

Camila Queiroz, assessora de imprensa: 8600.3567 / 9665.7842