Em sétimo dia de greve, servidores mobilizam-se na Praça do Ferreira

157

Em greve desde o último dia 10, os servidores de nível médio da saúde do Estado estão fazendo a concentração de greve na Praça do Ferreira, nesta quinta-feira (16). O objetivo é chamar a atenção da população para a pauta da categoria.

Nos primeiros dias, a concentração de greve ocorreu no Hospital Infantil Albert Sabin, para combater as ameaças de processo administrativo que o diretor do hospital vinha fazendo aos servidores grevistas.

O Sindsaúde esclarece ainda que, ao contrário do que algumas chefias têm divulgado com o intuito de dissolver o movimento, a greve segue todos os trâmites legais: houve publicação de edital, em jornal de grande circulação, sobre assembleia em que foi deflagrada a greve; foi enviado ofício informando à Secretaria de Saúde, com antecedência de 72 horas, sobre o movimento paredista; e mantêm-se o percentual mínimo de 30% dos servidores trabalhando, por meio de escalas organizadas pelo sindicato, junto com a categoria.