Hemoce comemora 30 anos em prol da saúde do cearense

182


O mês de novembro será de comemorações para uma das mais importantes instituições de saúde do Estado. Há 30 anos o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), mais precisamente no dia 23 de novembro, recebia a primeira doação de sangue, tendo como doador voluntário José Calls Gaspar Júnior ou Dr. Cals, que era, na época, chefe do setor de Sorologia do Hospital Universitário Walter Cantídio.


De lá para cá, o histórico daquela unidade enche de orgulho, não apenas os que precisam ou precisaram de seus serviços, como de todos os cearenses que viram crescer o número de transfusões na instituição, tornando o Hemoce referência no que se refere à hemoterapia e à hematologia. Também em novembro, no dia 25, será comemorado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. Por conta dessas datas, o Hemoce organizou programação especial voltada aos doadores voluntários, pacientes e seus familiares.


O ponto alto das comemorações trata-se de campanha que será lançada amanhã, terça, intitulada Eu me importo: sou doador de sangue. Por meio da iniciativa, uma das novidades será a possibilidade de doadores poderem exercer esse gesto de altruísmo também aos domingos. A ideia, com isso, é atrair doadores voluntários que não têm tempo de fazê-lo durante a semana.


Para além das efemérides, é meritória a campanha a ser lançada pela instituição. O Hemoce, que ampliou suas atividades para quatro Hemocentros Regionais (Sobral, Crato, Iguatu e Quixadá), e um Hemonúcleo em Juazeiro do Norte, possui credenciais mais do que plausíveis para receber as homenagens.


Além das doações de sangue e de proporcionar tratamento para pessoas que possuem algum tipo de coagulopatia hereditária ou hemoglobinopatias, o Hemoce é responsável desde 2000 pelo cadastro de possíveis doadores de medula óssea, contabilizando 120 mil pessoas cadastrados no Registro Nacional de Medula Óssea (Redome). Ações que, sem dúvida alguma, enaltecem sua imagem e dignificam seu corpo funcional.


Fonte: O Povo