HIAS: UTIs também estão em greve, assim como todos os setores

148

Servidores do Hospital Albert Sabin, o Sindsaúde informa que não fez acordo com ninguém para deixar as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) de fora da greve. Circula um aviso comunicando, erroneamente, que o Sindsaúde teria feito acordo com o diretor do hospital, Walter Frota, para que os servidores das UTIs não aderissem à greve.

Pelo contrário, lutamos é para que a greve se fortaleça cada vez mais, envolvendo todos os trabalhadores.

Este comunicado é falso: