Hospital da Mulher atende 381 pacientes

168

Com uma semana de funcionamento, 381 pacientes já foram atendidas no Hospital da Mulher, segundo balanço divulgado ontem na reunião da diretoria colegiada do hospital. A prefeita Luizianne Lins e a titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Ana Maria Fontenelle, também participaram do encontro. Desde a inauguração, foram realizados cerca de 500 procedimentos no hospital. Até agora, estão sendo realizadas consultas ambulatoriais de ginecologia, ortopedia e endocrinologia.

Gradativamente, os atendimentos serão ampliados, totalizando 16 especialidades. Os exames de imagem serão os próximos a serem realizados. “Aos poucos, vamos ampliando os serviços. Em 20 ou 30 dias estaremos a todo vapor”, promete a prefeita. Segundo ela, a inauguração do hospital deve acontecer no fim deste mês ou no início de agosto. “Estamos com uma agenda flexível para que a presidenta Dilma possa vir. Quando ela visitou, ficou muito impressionada com a qualidade e o tamanho do hospital”.

Conforme a secretária da Saúde, apenas uma das mulheres atendidas avaliou o hospital como “bom”. “Todo o resto achou que está excelente”. A avaliação é feita na etapa de acolhimento, antes de a paciente realizar a consulta. “Estamos muito satisfeitos, mas as mulheres estão mais satisfeitas ainda. O número de atendimentos está dentro do que foi previsto”, pontua Ana Maria.

Quando todas as especialidades do Hospital da Mulher estiverem funcionando, o equipamento contará com 1.345 profissionais de saúde, sendo 307 médicos, de acordo com Luizianne. A expectativa é de que sejam atendidas 500 mulheres e realizados 2.256 procedimentos por dia. Para preencher o quadro médico do hospital, profissionais que já trabalham com a questão de gênero em outras unidades serão remanejados. “As vagas serão preenchidas sem desfalcar outras unidades”, assegura a prefeita.

Segundo Zenilda Vieira Bruno, diretora clínica do hospital, já há mais de 70% dos médicos lotados para as vagas do Hospital da Mulher. “Estamos fazendo a escala para que haja médico 24 horas por dia”. Ana Maria Fontenelle explica que as vagas estão sendo preenchidas com profissionais da rede e, se necessário, será realizada uma seleção. Um concurso para preencher vagas na rede municipal está agendado para fevereiro de 2013.

ENTENDA A NOTÍCIA

O Hospital da Mulher começou a realizar consultas no dia 2 de julho, depois de quatro anos em obras. Na primeira semana, 381 mulheres foram atendidas. Em até um mês, de acordo com a prefeita Luizianne Lins, as 16 especialidades atenderão cerca de 500 pacientes por dia.

Serviço

Hospital da Mulher

As consultas são realizadas mediante encaminhamento de Centros de Saúde da Família

Veja a lista dos postos: www.fortaleza.ce.gov.br/sms

Endereço: Rua Carneiro de Mendonça, 155, Jóquei Clube  

Saiba mais

O Hospital da Mulher não oferece emergência, atende apenas por agendamento. As pacientes são encaminhadas de outras unidades de saúde por meio da Central de Marcação de Consultas e Exames Especializados.

As cirurgias e internações serão realizadas em pacientes encaminhadas pelas centrais de leitos do Município e do Estado.

Fonte: Jornal O Povo