Hospital São José: servidores cruzam os braços e reivindicam compromissos do governo

242

O calendário de paralisações na Saúde do Estado começou com todo o gás na manhã desta sexta-feira (29), no Hospital São José. Cerca de 50 servidores paralisaram as atividades das 6h30 às 8h.

Na pauta, os compromissos assumidos e desrespeitados pelo governo Cid Gomes – reestruturação do PCCS e gratificação por plantões aos finais de semana.

Para a secretária geral do Sindsaúde, Marta Brandão, esta primeira paralisação deve servir como exemplo para os servidores dos demais hospitais, que também deverão cruzar os braços nos próximos dias.

“Foi muito bonito de ver, os servidores estavam entusiasmados, falando ao microfone, participando com toda a garra”, comemora.

Instigados com a luta, muitos servidores apontaram a necessidade de, frente ao descaso do governo, realizar greve no setor da Saúde.

Veja o registro da paralisação no Hospital São José na galeria de fotos.

O calendário de paralisações segue ao longo do mês de julho:

3/7 – Hospital Infantil Albert Sabin

5/7 – Hospital do Coração de Messejana

10/7 – Hospital Geral de Fortaleza

12/7 – Hospital de Saúde Mental de Messejana

17/7 – Hospital Geral Dr. César Cals