Mais de 20 mil terceirizados da saúde vão entrar em greve em Fortaleza

124

A greve iniciará na sexta-feira (14). Os serviços suspensos são manutenção, limpeza, transporte de lanches e transferência de pacientes.

Mais de 20 mil terceirizados da saúde de Fortaleza vão entrar em greve na próxima sexta-feira (14). A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (11), em frente ao Instituto Dr. José Frota (IJF).

A assembleia reuniu tanto funcionários de nível médio quanto de nível superior, como psicólogos, médicos, nutricionistas e motoristas de ambulâncias, postos de saúde, Frotinhas, Gonzaguinhas, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Caps.

Os terceirizados do IJF estão realizando protesto na manhã desta terça-feira. A categoria bloqueou a Rua Barão do Rio Branco e está deixando apenas ambulâncias trafegarem pela via.

Reivindicações

O diretor do Sindsaúde, Ulisses Vilar, explica que o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Apoio a Gestão em Saúde (IDGS) ainda não fez o pagamento de vale-transporte, vale-alimentação e 13º salário referentes ao mês de novembro. A Prefeitura de Fortaleza tinha informado que o pagamento do salário seria efetuado até segunda-feira (10).

A categoria se reuniu em assembleia em frente ao IJF.

Serviços suspensos

Na última sexta-feira (7), houve protesto e paralisação dos terceirizados do IJF. Segundo a presidente da Associação dos Servidores da unidade, Ana Miranda, a paralisação tem prejudicado a qualidade dos serviços do hospital.

Foram suspensos: manutenção, limpeza dos hospitais, suprimento de materiais, transporte de lanches e transferência de pacientes entre unidades e setores. A assessoria do IJF informou que a unidade está com um número reduzido de funcionários, mas os serviços do hospital não foram afetados profundamente

Fonte: Jangadeiro