Manifestação em Palhano sensibiliza população

103

No município de Palhano, os servidores estão há quatro meses sem receber salário. Por conta disso, o Sindsaúde fez uma manifestação em frente à Prefeitura, na manhã de ontem (7). Indignados com a situação, moradores da cidade aderiram ao ato.

De acordo com a secretária geral do sindicato, Marta Brandão, a cidade está o retrato do caos: os salários dos servidores não foram pagos e eles já começam a vender o pouco patrimônio de que dispõem para sustentar a família. Em consequência do atraso salarial, o comércio da cidade está parado, pois ninguém tem dinheiro para adquirir as mercadorias.

“É uma situação humilhante. Um servidor vendeu a moto para pagar as contas; outros lavam as luvas para reutilizá-las, pois a prefeitura não repôs o estoque. O hospital não tem verdura para as refeições dos pacientes e os servidores levam a alimentação de casa. Até ontem não tinha nem saco para colocar o lixo do hospital, sem falar no esgoto a céu aberto ao lado”, detalha.

Além dos servidores, trabalhadores contratados pela prefeitura no período eleitoral como prestadores de serviço foram demitidos e não receberam seus direitos.

Nos distritos, a população sofre com a falta d’água, pois o caminhão pipa que abastecia alguns lugares desapareceu.

O Sindsaúde deixou ofício na Prefeitura solicitando reunião com o prefeito, Nilson Freitas. O gestor foi reeleito com 180 votos a mais que o oponente.

Veja as imagens na nossa galeria.