Ministério Público pedirá auditoria na Saúde de Fortaleza

94



O Sindsaúde participou na segunda, 29, de Audiência Pública promovida pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP) e a Comissão de Saúde da OAB/CE para discutir a situação dos Frotinhas. Diante das denúncias de falta de medicamentos, leitos e profissionais na rede municipal de saúde, o MP pedirá ao Ministério da Saúde que seja realizada auditoria na gestão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).


Os diretores dos Frotinhas da Parangaba, Messejana e Antônio Bezerra admitiram dificuldades no suprimento de medicamentos e carências de profissionais, o que dificulta a organização das escalas. A SMS se comprometeu a checar in loco todas as denúncias e  a apresentar um relatório ao MP no prazo de 45 dias.


Leia mais:


http://migre.me/nPAZ2


http://migre.me/nPAWj