Operário morre ao cair do 8º andar de obra do Hospital São Camilo/Cura d Ars

150



O carpinteiro Francisco Diógenes Chaves Carneiro, 42 anos, morreu ao cair do 8° andar do Hospital São Camilo (Cura Dar’s), no Centro de Fortaleza, na manhã de ontem (11/8). A vítima trabalhava na ampliação do prédio. O operário teve morte imediata.


De acordo com Laércio Cleiton Santos, diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF), a obra está há quase um ano em andamento e cerca de 100 funcionários trabalham no local.


Para o diretor do sindicato, o acidente poderia ter sido evitado caso houvesse mais segurança no ambiente de trabalho. Segundo ele, não há bandeja de proteção para os funcionários, equipamento comum nesse tipo de obra.


A obra no prédio, ainda segundo o sindicato, é de responsabilidade do hospital e da Mercurius Engenharia. A empresa ressaltou que a parte da obra que era de sua responsabilidade já foi finalizada. Já o hospital informou que vai investigar as causas do acidente. Ainda de acordo com o STICCRMF, Francisco é o sexto operário a morrer em Fortaleza somente neste ano – o segundo em menos de uma semana.


Foto: Divulgação / Facebook


Fonte: Jornal O Povo