Paralisação do IDGS reúne funcionários em frente ao IJF

134

Na manhã desta quinta-feira (24), cerca de 150 funcionários do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Apoio à Gestão em Saúde (IDGS) alocados em postos de saúde cruzaram os braços e concentraram-se no Instituto Dr. José Frota (IJF).

Os cerca de cinco mil funcionários do instituto, que presta serviços de saúde à Prefeitura, entraram em estado de greve ontem (23).

O Sindsaúde orienta os funcionários a continuarem trabalhando e assinando o ponto para garantir o salário de janeiro, uma vez que na audiência ocorrida ontem, na Procuradoria Regional do Trabalho, o IDGS foi notificado a repassar à Prefeitura as folhas de pagamento no prazo de cinco dias e a Prefeitura foi notificada a fazer o pagamento dos salários diretamente aos funcionários, no prazo de dez dias a contar do recebimento das folhas de pagamento.

“Estamos dando um voto de confiança à Prefeitura e ao IDGS, pois esperamos que sigam as recomendações da PRT quanto aos prazos”, afirma a diretora do Sindsaúde, Madalena Policarpo.