Participe dos atos contra o banco de horas e pelo fechamento da Convenção!

92

Os patrões do setor Privado da saúde estão dispostos a atrapalhar tanto quanto for possível o fechamento da nossa Convenção Coletiva 2013. Além de oferecerem pisos salariais insatisfatórios, sempre abaixo dos reivindicados pela categoria, querem impor, à fina força, o banco de horas.

Banco de horas, para quem não sabe, é sinônimo de escravidão no trabalho! Significa que o trabalhador terá de passar do seu horário de trabalho quando o patrão demandar e não receberá nada a mais por isso, apenas compensará as horas deus sabe quando.

Não vamos cair nesse golpe! Para os trabalhadores da saúde, o banco de horas comprometerá e muito a renda mensal, pois a maioria de nós tem dois empregos e, com o banco de horas, só poderá ter um. Não podemos engolir isso, somos pais e mães de família, provemos nosso sustento com muito esforço e não estamos na luta para perder!

Diante desse cenário, o Sindsaúde convoca os trabalhadores e trabalhadoras do setor Privado da saúde para um calendário de manifestações contra o banco de horas e pelo fechamento da Convenção Coletiva 2013. Participe!

  • Dia 18/4, às 6h30, Hospital Gastroclínica
  • Dia 23/4 às 6h30, Hospital Gênesis
  • Dia 24/4, às 6h30, Hospital São Mateus
  • Dia 25/4, às 6h30, Hospital São Carlos
  • Dia 25/4, às 8h, Hospital Antônio Prudente
  • 30/4/13, às 6h30, Otoclínica