Revista Mulher D’Classe será lançada durante festa do Sindsaúde/CE

97



A edição de número 9 da Revista Mulher D’Classe contou com colaboração do Sindsaúde Ceará e será lançada durante nossa festa de celebração dos 72 anos de luta, nesta quarta-feira (30), no Kukukaya.


Fundada em 2012, a Revista Mulher D’Classe é uma produção da Secretaria da Mulher Trabalhadora da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). A publicação constitui-se em mais um instrumento de luta das mulheres, surgindo com a intenção de pensar e debater o papel feminino nas lutas sindicais, movimentos sociais e política.


O Sindsaúde contribuiu com o artigo “O papel das mulheres nos 72 anos de luta do Sindsaúde Ceará”, além de anúncio rememorando a construção dessa trajetória combativa. “Em todos os momentos, é patente a atuação feminina. Desde a década de 1980, o sindicato é presidido por mulheres e a energia feminina compõe 73% da atual gestão”, ressaltou a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão.


O Ceará também marca presença com o artigo “Luta classista – contra as práticas antissindicais”, da ex-soldado militar e sindicalista Ana Paula Brandão, diretora da Associação dos Profissionais em Segurança Pública do Ceará (Aprospec). Ela foi expulsa da Corporação e relata que, durante licença médica, sofreu coações para voltar a trabalhar. Ana Paula recebeu a solidariedade de diversos sindicatos, com ato realizado em frente à Junta Médica do Ceará no dia três de maio.


Entre outros temas, a revista traz ainda artigos, matérias e entrevistas sobre a importância da participação feminina, com viés de classe, na luta sindical, eventos de debate e como as mulheres se inserem nas lutas contra o preconceito de gênero, raça e orientação sexual.


“A revista é de suma importância por mostrar as várias lutas ligadas à questão das mulheres trabalhadoras e a busca pela igualdade de gênero, em um contexto em que nós, mulheres, sofremos mais discriminação e assédio moral no ambiente de trabalho. A CTB e o Sindsaúde (que tem uma base formada majoritariamente por mulheres) trazem a questão à tona, salientando a urgência de ações que envolvam cada vez mais as mulheres do campo e da cidade, de todos os segmentos de trabalho”, enfatiza a diretora do Sindsaúde e secretária de Mulheres da CTB/CE, Marli Pereira.


A revista estará disponível do dia do lançamento e depois na sede do Sindsaúde. Quem preferir pode baixar a versão em pdf neste link.