Sindsaúde apresentará mensagens nos hospitais

111

Em reunião no dia 4/1, os servidores de nível médio da saúde do Estado decidiram que o Sindsaúde preparará, a partir de fevereiro, as condições para uma nova greve. A categoria se reuniu no Cerest para conhecer melhor o conteúdo das mensagens do Executivo aprovadas pelos parlamentares no último dia 28/12, determinando mudanças na tabela vencimental e percentuais das gratificações.


Até lá, o Sindsaúde fará apresentações das mensagens e debate sobre os impactos nos hospitais. Veja o calendário:

– Hospital do Coração – dia  8/1, às 13h

– Hemoce de Sobral – dia    9/1

– Hospital São José – dia 10/1, às 15h

– Hospital Geral de Fortaleza – dia  11/1, às 6h

– Hemoce Fortaleza – dia 14/1, às 10h

– Hospital Infantil Albert Sabin – 15/1, às  18h30

– Hospital Geral César Cals – 16/1, às 15h

 – Hospital Mental de Messejana – 16/1, às 7h

– Hemoce de Iguatu – dia 22/1, às 14h

– Hemoce de Juazeiro do Norte – dia 23/1, às 14h

Seguimos na luta!

A luta do Sindsaúde sempre foi pela reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) e a extensão da gratificação de plantão no final de semana no percentual de 25% e 30%, no entanto, o governo apenas concedeu reajuste na tabela vencimental do grupo ATS, extinguindo algumas gratificações e reduzindo outras.


É importante frisar que o Sindsaúde e a categoria foram pegos de surpresa, pois em nenhum momento, durante as negociações, o governo falou em reduzir gratificações. Os cortes significativos foram apresentados já no último dia do ano, quando não podíamos fazer muita coisa.

Para o dia 30/1, estamos programando uma paralisação simultânea em todos os hospitais, nas UTIs, Centros Cirúrgicos e Emergências. Ocorrerá em dois turnos: pela manhã, das 8 às 9h, e à noite, das 20 às 21h. Participe! Cruze os braços e demonstre a importância do nosso trabalho!


Não fique de fora! Venha entender por que continuaremos a nossa luta!