Sindsaúde cobra salários de servidores de Massapê

129

Em reunião na Promotoria de Justiça de Massapê, no último dia 6, as diretoras do Sindsaúde Solange Ponte, Rosimere Marciano e Franciliane Cunha, bem como a assessoria jurídica, reivindicaram o pagamento de salários atrasados de dezembro de 2012.

A reunião foi mediada pela promotora de Justiça de Massapê, Kamyla Ferraz Brito, e ficou acertado que o município pagará o valor de R$ 374.392,80, descontando o percentual do INSS, aos professores concursados da educação até o dia 20 de fevereiro. Para as demais categorias, dentre elas a saúde, haverá nova reunião no dia 21/2 para definir proposta final.

Caso não seja encontrada uma solução na próxima audiência, a Promotoria vai requerer judicialmente o bloqueio de verbas do município e o Sindsaúde vai conclamar os servidores a fazerem greve.


Já foi instaurado um procedimento administrativo sobre a falta de verba suficiente para pagamentos de servidores pelo ex-prefeito João Pontes. O Ministério Público declarou, em seu site, que, tendo em vista a continuidade da Administração Pública, sem esquecer a responsabilidade do gestor que causou o problema, é possível encontrar uma solução amigável com o atual prefeito e resolver o sério problema que afeta a sobrevivência de diversas famílias dependentes da remuneração dos servidores de Massapê.