Sindsaúde e ACS vão ao Palácio do Governo cobrar reajuste do piso e extensão de direitos

407

 

A presidente do Sindsaúde Ceará, Martinha Brandão, e o diretor Quintino Neto, acompanhados de uma comissão de diretoras representantes dos ACS em várias regiões do Ceará, foram na manhã desta terça-feira, 21/03, até o Palácio do Governo cobrar o reajuste do piso da categoria de acordo com a Emenda Constitucional 120, de 2022.  A emenda prevê um piso nacional para ACS e ACE de dois salários mínimos. No Ceará, muitos municípios já reajustaram os salários dos agentes comunitários de saúde vinculados às prefeituras, mas aqueles que são vinculados ao Estado seguem sem o reajuste. As ACS foram cobrar também a extensão dos direitos da categoria como estatutários.

A comissão foi recebida pelo secretário executivo de Relação Política do Governo, que afirmou que a atual gestão está atenta às demandas dos ACS. O representante do Governo pediu paciência à categoria e assegurou que o Governo irá aplicar o reajuste. O mesmo deverá ser anunciado junto a um pacote de reajustes, que também inclui o piso da enfermagem. Esse anúncio deve ocorrer antes da viagem do governador à China, junto ao presidente Lula.

Após esse anúncio oficial, a gestão deve voltar a debater sobe a extensão dos direitos dos ACS. Para isso, o Sindsaúde propôs que seja criado um calendário de reuniões para tratar dessa pauta dos direitos dos ACS como estatutários. A proposta foi acatada pelo representante da gestão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here