Sindsaúde fecha Convenção 2013 da Filantropia

86

O Sindsaúde fechou a Convenção Coletiva de Trabalho 2013 do setor Filantrópico, com reajuste salarial de 6% e reajustes sobre os pisos e benefícios. A CCT ainda não foi registrada no MTE devido a uma mudança na direção do sindicato patronal, contudo, começa a vigorar neste mês de agosto. Os empregados/as receberão os valores retroativos a janeiro (data-base), parcelados em três vezes a partir de agosto. Veja os pisos:

– Auxiliar de enfermagem: R$705,25

– Técnico de enfermagem: R$726,95

– Recepcionista/atendente: R$692,15

– Auxílio creche: R$87,98

– Auxílio funeral: R$1.060,60


Uma outra conquista importante é o pagamento em dobro ou folga extra, dentro de trinta dias, dos plantões trabalhados durante feriados.



Sustente seu sindicato e garanta mais conquistas!

Após o fechamento da Convenção Coletiva, somente uma vez ao ano, é feito o desconto assistencial, de 3% do salário do empregado/a. Essa taxa assistencial é cobrada de todos os empregados, sindicalizados ou não, porque todos são beneficiados pela negociação empreendida pelo sindicato, ou seja, se conseguimos um ganho vale para sócios e não sócios.

Apesar disso, o funcionário tem a opção de se opor ao desconto assistencial, entregando ofício na secretaria do sindicato (Rua Guilherme Rocha, 883), até o final de agosto.

Ainda assim, pedimos aos empregados e empregadas que reflitam sobre a importância de fortalecer a sua organização de classe, o seu sindicato. Por conta de 3% hoje, uma única vez ao ano, você deixa de contribuir com o seu sindicato e no ano que vem pode ficar sem aumento salarial, pois como um sindicato fraco, sem recursos, irá afrontar os patrões?

Para fechar a Convenção Coletiva, por exemplo, precisamos nos mobilizar durante meses, o que implica em gastos com notas, áudio para carro de som, material gráfico como cartazes, faixas, outdoors, assessoria jurídica e às vezes até anúncios em jornais. Quando fazemos toda essa mobilização obtemos vitórias, porque os hospitais temem pela própria imagem e só assim dialogam com os trabalhadores e Sindsaúde.


Não caia nessa cilada! Sindicato forte tem recursos e é bancado pelos trabalhadores! Esteja do lado de quem luta!