Sindsaúde se reúne com governo do Estado para tratar de pautas dos servidores

179

Nesta segunda-feira (6), às 14h, uma comissão do Sindsaúde, representando os servidores de nível médio da Saúde do Estado, se reunirá no Gabinete do Governador para negociar pautas da categoria. Amanhã (7), às 16h, na Praça do Ferreira, o resultado da reunião será repassado aos servidores, que decidirão os rumos da luta.

Uma forte mobilização de servidores de nível médio da Saúde levou o governo do Estado a finalmente abrir canal de diálogo com a categoria. No dia 27/1, em assembleia, os servidores decidiram entrar em estado de greve até a audiência com o governo, que ocorrerá hoje.

“Vamos ouvir o que eles têm a nos propor, se as propostas são boas… Se não forem, aí é greve, não tem jeito”, declarou a secretária-geral do Sindsaúde, Marta Brandão, acrescentando que apenas com manifestações e denúncias o governo ouve os servidores.

Pautas

Na pauta dos servidores está a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que conta já 20 anos de existência e não atende aos anseios dos servidores, permitindo vencimentos-base abaixo do salário mínimo, muitos na faixa de R$300,00.

 

Os servidores também lutam pela revogação do decreto estadual n. 29.352/2008, que trata da acumulação de cargos; publicação do resultado do estágio probatório dos concursados de 2006/2008; e pagamento de adicional de insalubridade, assistência médica e licença maternidade de seis meses para os/as agentes de saúde que foram efetivados em 2008.