Trabalhadores da SAMEAC tem reajustes que variam de 7,5% a 10%

92

A negociação entre o Sindsaúde e a direção da SAMEAC contou com a participação dos trabalhadores 


 


Algumas conversas com os trabalhadores e com a direção da SAMEAC resultaram em um acordo positivo para a categoria. Depois de duas assembleias realizadas nos dias 17 e 18 de março de 2015, os trabalhadores da saúde do nível médio que atuam na SAMEAC, MEAC e HEMOCE aprovaram a contra-proposta  feita pela direção da SAMEAC para o acordo coletivo dos trabalhadores. 


 


A assembleia, realizada nas mangueiras da SAMEAC, que contou com  a participação de cerca de 70 profissionais, aprovou a proposta de 10% de reajuste para os profissionais que já contam com piso salarial e 7,5% para os profissionais dos setores administrativos. Os reajustes são retroativos a janeiro de 2015 e devem ser pagos em abril em parcela única. Além do reajuste nos salários, os trabalhadores também conquistaram aumento no valor do ticket alimentação, que passou de R$297 para R$330/mês, válido a partir de maio.


 


As demais cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho continuam em vigor. Para o diretor de Patrimônio do Sindsaúde, José Maria de Oliveira, a negociação foi bastante positiva. “Esse foi o maior reajuste dado no Estado do Ceará. Cerca de quinhentos trabalhadores foram beneficiados com o acordo. E o melhor é que, com o diálogo, não houve necessidade de paralisação”- concluiu. 


 


Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará