Unimed: categoria votará proposta em assembleias dias 17 e 18

96

Em reunião na quinta-feira (13/6), a Unimed Fortaleza manteve as cláusulas econômicas – sobre pisos, tíquete alimentação e auxílio creche –, mas quer retirar a cláusula do adicional de estímulo e quer dar uma nova redação para a cláusula da taxa assistencial. O Sindsaúde fará duas assembleias para submeter à proposta à categoria: segunda-feira (17), no Hospital Regional da Unimed, ao meio-dia; e terça-feira (18), no Administrativo (Santos Dumont), ao meio-dia.

O sindicato não concorda com a retirada do adicional de estímulo, pois é um direito conquistado e não podemos voltar atrás. A cláusula estabelece que as cooperativas Unimed concederão 2,5% de adicional sobre os salários dos empregados que apresentarem certificados de cursos de aperfeiçoamento com carga horária de no mínimo 40h.

Já a taxa assistencial é um desconto de 3% realizado uma vez ao ano, quando celebramos a Convenção Coletiva. É uma maneira de contribuir para as lutas do sindicato, pois os recursos recebidos são utilizados nas próprias manifestações que garantem melhorias para a categoria. É um ciclo que precisa se renovar. Os empregados, ainda assim, têm o direito de se opor ao desconto, vindo ao Sindsaúde e entregando um ofício opondo-se à taxa. A Unimed Fortaleza quer que isso seja feito na própria empresa, ou seja, a cooperativa quer se meter na relação sindicato e trabalhadores, uma prática antissindical.









 

Valores propostos

Valores atuais

Auxiliar de Enfermagem

R$715,00

R$670,00

Auxiliar de Laboratório

R$750,00

R$670,00

Recepcionista/atendente

R$780,00

R$670,00

Técnico de enfermagem

R$805,00

R$700,00

Motorista socorrista

R$1.240,00

R$1.134,00

Tíquete alimentação

R$340,80

R$284,00

Auxílio creche

R$130,00

R$105,00