Unimed Fortaleza: ato nesta terça-feira (19) pressionará por fechamento da Convenção Coletiva 2012

157

O Sindsaúde realizará manifestação no Hospital Regional da Unimed nesta terça-feira (19), às 6h30, para exigir o fechamento da Convenção Coletiva 2012. Nesse mesmo dia, às 14h, haverá a segunda reunião de negociação da Campanha Salarial, na sede da Unimed Ceará.

O sindicato destaca que a Unimed Fortaleza cria muitas dificuldades para negociar com os trabalhadores, todos os anos. “Iniciamos a Campanha Salarial no começo do ano e apenas em junho a empresa compareceu à primeira reunião, apresentando péssimas propostas”, diz a secretária-geral do Sindsaúde, Marta Brandão.

Entre as propostas da empresa, estão reajuste de apenas 5% e piso de auxiliar de enfermagem de somente R$665,54. A cooperativa não aceita criar o piso de técnico de enfermagem, embora, na hora de contratar, exija o curso de técnico.

“Todos os hospitais e Unimed Ceará cumprem o piso de técnico de enfermagem (no valor de R$700,00), só a Unimed Fortaleza insiste em negar esse direito aos trabalhadores”, ressalta nota do sindicato.

Outra pauta que a Unimed Fortaleza se nega a atender é a mudança da data-base, de maio para janeiro. Os outros hospitais, inclusive os filantrópicos, já aceitaram essa demanda.

Veja as demandas dos funcionários/as:

  • Data-base para janeiro
  • Reajuste salarial de 20%
  • Pisos salariais: auxiliar de enfermagem (R$750,00), auxiliar de laboratório (R$800,00), recepcionista/atendente (R$700,00), técnico de enfermagem (R$850,00), técnico de laboratório (R$950,00), auxiliar de serviços gerais (R$680,00), auxiliar administrativo (R$900,00) e motorista socorrista (R$1.400,00)