Unimed Fortaleza protela assinatura da Convenção Coletiva 2013

79

Há 12 dias, no dia 20 de junho, o Sindsaúde enviou para a Unimed Fortaleza o resultado do plebiscito realizado com os empregados/as nos dias 17 e 18 de junho, em que foram aprovadas as cláusulas da Convenção Coletiva 2013, com 330 votos a favor e 131 contra. Com relação especificamente à cláusula da taxa assistencial – se a oposição ao desconto deveria ser dada via Sindsaúde ou na própria empresa – 278 funcionários votaram a favor de a oposição à taxa assistencial precisar da apresentação de ofício no sindicato e 167 votaram que o ofício ficasse na cooperativa. 16 votaram em branco.

Enviamos os resultados o mais rápido possível, num esforço de assegurar que a CCT fosse assinada ainda no mês de junho para que os empregados pudessem receber logo o reajuste de salário, inclusive retroativo a maio.

Apesar disso, a Unimed Fortaleza não se manifesta sobre a assinatura da Convenção, prejudicando mais de mil famílias.

De nossa parte, como sindicato dos trabalhadores, continuamos insistindo para que a CCT seja assinada, uma vez que a proposta foi acordada por ambas as partes e confirmada pela categoria no plebiscito. Será que vamos ter de aguardar até dezembro, como costuma acontecer? Esperamos que haja mais bom senso da cooperativa.