UNIMED’s: fechada Convenção 2012

141

Após intensa campanha e histórica paralisação dos funcionários da Unimed Fortaleza (dia 19/6), fechou-se a Convenção de Trabalho 2012 das Unimed’s, com vitória para os trabalhadores.

Na Unimed Fortaleza, a mobilização dos empregados e do Sindsaúde fez com que fosse criado o piso de técnico de enfermagem, demanda antiga, já garantida na Unimed Ceará.

Agora, o técnico de enfermagem ganhará, no mínimo, R$700,00. A UNIMED Fortaleza se comprometeu a promover para técnico de enfermagem todos os auxiliares que tenham curso técnico e estejam regularizados no Conselho Regional de Enfermagem (Coren).

Em todas as Unimed’s, o piso de auxiliar de enfermagem, recepcionista/atendente e auxiliar de laboratório passará a R$ 670,00, o que significa aumento de 13,55%. O piso de motorista socorrista ficou em R$1.134,00.

Passando a R$284,00, por mês,  o tíquete de alimentação da Unimed Fortaleza teve reajuste de 9,23%. Nas demais cooperativas, o tíquete terá reajuste de 5%.

Para quem recebe auxílio creche, o benefício agora é de R$105,00, 16,7% a mais, em todas as cooperativas.

Os empregados que não têm piso salarial terão reajuste de 5,5%, valendo também para aqueles que ganham o salário mínimo.

Os valores são retroativos a maio e o Sindsaúde está fazendo o possível para que já incidam na folha de pagamento de julho.

Paralisação na Unimed Fortaleza

Os funcionários da Unimed Fortaleza cruzaram os braços durante meia hora no dia 19/6. Com garra e determinação, eles atenderam ao chamado do Sindsaúde e usaram a paralisação como arma para pressionar a direção da Unimed Fortaleza por melhores propostas para a Convenção 2012.

A direção do sindicato parabeniza mais uma vez os trabalhadores, pois seu ato de ousadia teve efeito imediato: horas depois da paralisação, as Unimed’s apresentaram propostas bem melhores e conseguimos fechar a Convenção. No ano que vem, já sabemos o que fazer se as Unimed’s tentarem empurrar a situação com a barriga.