Auxiliares de patologia e técnicos de radiologia participam de assembleia no Sindsaúde

121

A assembleia foi convocada para tratar dos erros que prejudicaram servidores da saúde do nível médio do Estado após publicação da Lei 270/2021.

A presidente do Sindsaúde Ceará, Marta Brandão, acompanhada dos diretores Messias Carlos, José Leandro e Valdênia Gurgel, se reuniram com os técnicos de radiologia e auxiliares de patologia clínica da saúde do Estado para tratar sobre as distorções nas referências desses servidores.

Após expor o problema, Martinha falou sobre o resultado da reunião na Seplag e falou da importância da mobilização e participação dos servidores para pressionar o governo para que as demandas sejam atendidas.

A lei 270/2021 enquadrou os auxiliares de patologia no nível médio, mas a mudança não refletiu no pagamento da GDI, que deveria ter passado de R$ 600,00 para R$ 900,00, mas não passou. Já os técnicos de radiologia foram prejudicados com as referências que limitam as ascensões funcionais.

A presidente do Sindsaúde, Marta Brandão, ressalta que a lei precisa ser cumprida e que a Seplag precisa corrigir esse erro. “Vamos mobilizar a categoria e exigir que se cumpra o que está na lei 270/2021 e que sejam corrigidos os erros identificados” – afirmou.

#SeplagCumpraLei

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here