Brejo Santo – Técnica de enfermagem é assassinada por paciente psiquiátrico

190

A técnica de enfermagem Maria Sampaio Viana, conhecida como Marizete, foi morta na manhã desta segunda-feira, 11/04, ao tentar conter um paciente psiquiátrico que tentava fugir da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, em Brejo Santo.

De acordo com informações repassadas à imprensa, o paciente de 33 anos conseguiu se desvencilhar de uma camisa de força durante um surto e, na tentativa de fuga do hospital, agrediu a técnica com golpes de marreta. A ferramenta estava numa área do hospital que está em obra.

O agressor foi preso em casa, para onde seguiu após a agressão levando pães da Casa de Saúde. O corpo de Marizete está sendo velado na residência dela, em Jati. O sepultamento será realizado na terça-feira, 12/04, em Brejo Santo, em horário ainda não definido.

O Sindsaúde Ceará lamenta o ocorrido e já entrou em contato com a gestão do hospital, que faz parte da rede particular do Ceará. A entidade quer saber as condições de segurança dos profissionais que atuam nesta unidade de saúde. “Estamos avalizando o que pode ser feito por meio da Justiça, pois não há condições de se trabalhar sem um mínimo de segurança. Também estamos colocando o nosso setor jurídico à disposição da família de Marizete para entrar com ação contra esta unidade de saúde” – continuou. “Quando um município, um estado ou um país não cuida adequadamente de seus pacientes com transtornos mentais é esse o resultado. É preciso responsabilizar o Poder Público também por esse assassinato. Os profissionais da saúde precisam trabalhar com segurança. E no caso dos transtornos mentais, está passando muito da hora do Poder Público dar a atenção e fazer os investimentos necessários para esse setor para que possamos evitar outros casos trágicos como este” – finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here