Campanha Fora Bolsonaro toma as redes após novo recorde macabro de óbitos por Covid

97

O Sindsaúde Ceará, junto à CTB, e outras centrais sindicais do país, iniciam nesta quarta-feira, 31/03, data em que é relembrado o golpe militar de 64, que colocou o Brasil na ditadura, a Campanha Nacional Fora Bolsonaro.

A decisão pela campanha ocorre após o Brasil registrar mais um recorde macabro, com 3.780 mortes por Covid-19 em 24 horas. O número é maior que a soma dos óbitos registrados no mesmo período nos nove outros países que tiveram os maiores números de mortes neste dia. O total de óbitos somado de EUA, Itália, Polônia, Russa, Índia, França, Ucrânia, Hungria e Alemanha foi de 3.742

Assim, o Brasil assumiu neste mês a triste liderança global do ranking de países com mais mortes diárias pelo coronavírus.

Em toda a pandemia, 317.646 pessoas já morreram no Brasil em razão da Covid-19.

Para o presidente da CTB, Adilson Araújo, o comportamento insano e genocida do presidente Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus é a principal causa da crise sanitária. Para agravar mais ainda a situação, o presidente Bolsonaro adota posturas antidemocráticas e autoritárias, pondo em risco a democracia no Brasil. E ele precisa ser parado. #DitaduraNuncaMais #ChegadeComemorarMortes #ForaBolsonaro

Em reunião com sindicatos, associações e representações dos movimentos sociais, ficou definido o seguinte calendário de atividades:

🗓 31/mar e 01/abril – Ditadura Nunca mais! Ações de descomemoração do golpe militar de 1967

🗓 07/abril – Dia Mundial da Saúde – Jornada Internacional em defesa da vacina e da saúde

🗓 13/abril – Próxima reunião das organizações nacionais da Campanha Fora Bolsonaro [indicativo].

🗓 15/abril – Ação internacional por transparência, participação e defesa dos povos tradicionais na Cooperação Brasil x Estados Unidos em relação à Amazônia (Informações do Ato e Carta para adesão, em breve)

🗓 17/abril – Dia Internacional da luta camponesa

🗓 01/maio – Dia do Trabalhador

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here