Funcionários do hospital da ABEMP denunciam salários atrasados e são ameaçados de demissão

60

Dirigentes do Sindsaúde Ceará estiveram na manhã desta quinta-feira, 23/06, no hospital, em Maracanaú. Denúncias de atrasos são recorrentes.

Após receber inúmeras denúncias de atrasos nos pagamentos, dirigentes do Sindsaúde Ceará estiveram hoje, 23/06, no Hospital da Abemp, em Maracanaú, para cobrar os pagamentos em atraso dos trabalhadores desta unidade de saúde filantrópica.

Na quarta-feira, 22/06, profissionais do centro cirúrgico, há quase um mês sem dinheiro pra pagar as contas e comprar comida, fizeram uma paralisação. Como resposta dos gestores, foram ameaçados de demissão. O hospital é dirigido pela Associação Beneficente Médica Pajuçara – ABEMP. Após a paralisação, os gestores da unidade de saúde informaram que realizaram o depósito dos pagamentos, mas muitos funcionários informaram ao Sindsaúde que seguem sem o salário do mês de maio.

O presidente em exercício do Sindsaúde Ceará, Messias Carlos, comenta que essa entidade é recorrente no atraso do pagamento dos salários. Só este ano, o Sindsaúde já pediu pelo menos duas mediações com o Sindicato que representa o setor filantrópico para tratar de atrasos que se repetem desde fevereiro deste ano.

O Sindicato, mais uma vez, já encaminhou novo ofício ao Sindhef pedindo uma nova mediação com o hospital da Abemp e vai tomar todas as medidas para garantir que os atrasos não voltem a ocorrer como tem sido nos últimos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here