Sindsaúde Ceará reforça campanha salarial com ato no Hospital São Carlos

125

Nesta quarta-feira, 20/04, um ato foi realizado em frente ao Hospital São Carlos. O mesmo foi adquirido pela rede D’Or e vem dificultando os avanços nas negociações para a Convenção Coletiva de Trabalho para 2022.

A presidente do Sindsaúde Ceará, Martinha Brandão, acompanhada de dirigentes da entidade realizaram nesta quarta-feira, 20/04, um ato em frente ao Hospital São Carlos. O hospital, que foi comprado pela Rede D’Or, tem dificultado o avanço das negociações para o fechamento da CCT 2022.

O Sindsaúde Ceará já deixou claro que não aceita um reajuste inferior aos 10,16%, referentes ao acumulado da inflação (INPC), mas os patrões só oferecem 3% de reajuste. Além disso, os patrões querem retirar direitos já conquistados da categoria.

Outro grupo empresarial que tem insistido em impor suas maldades aos trabalhadores da saúde é o Kora, que adquiriu os hospitais Otoclínica e Gastroclínica.

O Sindsaúde Ceará rejeitou toda essa maldade contra trabalhadoras(es) da rede particular e agora mobiliza a categoria contra a retirada de direitos.

Por mais valorização e dignidade para as(os) trabalhadoras(es) da saúde!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here