Trabalhadores aprovam proposta de ACT da Unimed Fortaleza para 2021/2022

287

Após alguns impasses na negociação, empregados da Unimed Fortaleza aprovaram, em assembleias virtuais realizadas na sexta-feira, 16/07, a proposta de ACT que deverá valer de maio de 2021 a abril de 2022. Uma cláusula pioneira diz respeito ao direito de licença remunerada para empregadas vítimas de violência doméstica.

O Sindsaúde Ceará conseguiu assegurar no Acordo Coletivo de Trabalho para 2021(que deve ser formalizado nesta terça-feira, 20/07) que empregadas da Unimed Fortaleza tenham direito a, no mínimo, dois dias de licença remunerada, em casos de violência doméstica. A proposta vem sendo defendida pelo Sindsaúde Ceará desde o ano passado, quando os casos de violência doméstica aumentaram sensivelmente. A categoria da saúde é formada em sua maioria por mulheres. Com essa garantia, o Sindsaúde espera que mais mulheres denunciem seus agressores e busquem ajuda para que esses ciclos de violência sejam interrompidos. “É pouco ainda, mas é um passo importante em defesa da vida e da dignidade das mulheres” – afirmou Marta Brandão, presidente do Sindsaúde Ceará.

Confira mais detalhes do que está previsto no ACT aprovado pelos empregados e empregadas da Unimed Fortaleza, durante as assembleias virtuais realizadas na sexta-feira, 16/07.

A data-base dos empregados da Unimed Fortaleza é em 1º de maio. Assim, os reajustes de salários e benefícios serão retroativos a primeiro de maio de 2021.

Reajuste salarial e pisos salariais – 5,50%

Vale-alimentação – R$ 663,47 (+9%)

Auxílio Creche/Babá – 5,5%

O Auxílio Babá, que era para filho de até três anos passou para até quatro anos e não precisa comprovar despesas com creches. Outra mudança foi relativa às ausências permitidas para levar filho ao medico, uma vez por semestre. Esse direito era garantido para quem tinha filho de até seis anos e agora esse limite foi ampliado para até sete anos de idade.

A Unimed Fortaleza concordou ainda em ampliar o limite de ausências permitidas para consultas e exames para prevenção ao câncer, que agora passa a ser de até três vezes por ano para homens e mulheres.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here