Trabalhadores do Instituto Pró Hemoce rejeitam proposta de gestores

436

Além da criação de um banco de horas(compensação de horas), os gestores estão propondo redução do intervalo para repouso e da tolerância para registro de ponto.

Reunião com trabalhadores do IPH no Hemoce no dia 22/09.

Os trabalhadores do Instituto Pró Hemoce, IPH, reprovaram por unanimidade as propostas feitas pelo Instituto que representam perdas para a categoria. A avaliação foi feita durante assembleias realizadas pelo Sindsaúde, no auditório do Hemoce, nesta terça-feira, 22/09, e nesta quarta, 23/09.

Os trabalhadores do Instituto Pró-Hemoce discutiram e avaliaram a proposta do Instituto de criar um banco de horas para a categoria. Além desta proposta, o IPH também quer negociar dentro de um ACT, em substituição à Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, outros pontos que são considerados retrocessos para o Sindsaúde. Entre essas propostas, está a redução da tolerância para registro de ponto que passaria para cinco minutos ao invés dos 15 previstos tanto na CCT Particular como na da Filantropia, a redução do intervalo para repouso e o aumento na carga horária dos profissionais. Outro ponto considerado prejudicial para os trabalhadores é a imposição de trabalhar além da carga horária contratada, sob a ameaça de levar falta e punição, o que é considerado pelo Sindsaúde um retrocesso nas relações de trabalho.

Proposta dos gestores foi rejeitada pelos trabalhadores e negociações devem continuar.

Participaram da assembleia a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão, acompanhada dos diretores Glayson Melo, Messias Carlos e Madalena Policarpo. Eles aproveitaram o momento com os trabalhadores para colocar em discussão outras demandas da categoria, como o direito ao vale-alimentação e implantação de piso salarial.

Os trabalhadores concordaram que as negociações devem continuar para que as propostas do IPH sejam melhoradas a fimd e atender às necessidades da categoria. O resultado das assembleias será levado aos gestores do Instituto Pró Hemoce, IPH.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here