Unimed Fortaleza – Negociações para ACT 2021 avançam mas ainda há entraves

368

O Sindsaúde Ceará não abre mão da reposição da inflação nos salários e quer assegurar novas conquistas.

No inicio do mês de maio, o Sindsaúde Ceará entregou para a Unimed Fortaleza as reinvindicações dos empregados para o período de maio de 2021 a abril de 2022.

Veja o que o sindicato está reivindicando:

       Reajuste de salários e pisos em 10%, a partir de 1º de maio.

       Vale-alimentação de R$ 700,00

       Unificação do auxílio creche e da ajuda de custo babá, no valor de R$ 240,00 para empregada(o)s que tenham filho até seis anos de idade.

       Abono de até 3 faltas por ano para que o(a) empregado(a) possa fazer  exame de prevenção de câncer

       Abono de uma falta por mês para acompanhamento de filho de até dez anos ao médico. No caso de internação, o(a) empregado(a) poderá faltar até 7 dias, sem sofrer descontos no salario.

       Estabilidade de 12 meses para o empregado que venha a ser acometido de Covid

       Dispensa do horário de trabalho pelo tempo necessário à realização de, no mínimo, seis consultas médicas/exames, durante a gravidez.

       Permissão para que o empregado possa se ausentar dois dias para acompanhar consultas ou exames durante a gravidez de sua esposa ou companheira.

       Abono de, no mínimo, duas faltas para a empregada que for vitima de violência doméstica.

Na primeira reunião, realizada em meados de maio, a Unimed Fortaleza, alegando questões de projeção orçamentária, informou que o reajuste a ser concedido aos empregados seria de apenas 3%. Esta proposta foi rejeitada, sumariamente, pelo sindicato. As negociações prosseguiram e até o momento a proposta da Unimed Fortaleza é reajustar os salários em 5,45% e os benefícios em 6,76%.

O sindicato avalia que a proposta da Unimed Fortaleza, embora tenha evoluído, não proporciona sequer a reposição da inflação dos últimos doze meses. O Brasil passa por uma aceleração da inflação e a consequência natural é a diminuição do poder de compra da classe trabalhadora. O IPCA acumulado de maio de 2020 a abril de 2021 registra 6,76%, ao passo que o INPC deste mesmo período chegou a 7,59%.

Um dos objetivos dos acordos e convenções coletivas de trabalho é exatamente repor a defasagem salarial causada pela inflação.  Quanto às demais cláusulas sociais, a Unimed Fortaleza sinalizou que poderá evoluir para discutir o abono de faltas em caso de violência doméstica.

O Sindsaúde segue nas negociações e confia no bom senso dos gestores para garantir um acordo digno para os trabalhadores da Unimed Fortaleza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here