ACT 2022 – Sindsaúde pressiona por avanços nas negociações com Unimed Fortaleza

43

Mais um dia de manifestação na Unimed Fortaleza. Os dirigentes do Sindsaúde Ceará foram nesta quinta-feira, 28/07, mais uma vez conversar com trabalhadores e trabalhadoras da Unimed Fortaleza. Foi logo cedo. Na ocasião, foi distribuído um informativo detalhando a proposta dos gestores para o Acordo Coletivo de Trabalho para 2022. A proposta foi rejeitada pelo Sindsaúde Ceará por apresentar um índice de reajuste abaixo da inflação. A entidade pede 12,13% de reajuste salarial, o que corresponde à inflação medida pelo IPCA no acumulado de maio de 2021 a abril deste ano.

Proposta apresentada pela Unimed Fortaleza

A proposta foi apresentada em reunião no dia 18/07, com a participação, pela Unimed, da gerente de RH, da chefe do jurídico e do assessor de relações trabalhistas, e, pelo Sindsaúde, das dirigentes sindicais, Regina Moraes e Adriana Moura, e do assessor jurídico Vianey Martins.

A proposta apresentada, que foi rejeitada pelo sindicato, previa:

8% de reajuste para os salários até R$ 2.005,51. Este reajuste seria implantado na folha de pagamento de julho de 2022 e seria retroativo a maio de 2022; o retroativo seria pago na folha de julho de 2022.

4% de reajuste para os salários acima de R$ 2.005,51, de maio a novembro de 2022, sendo o retroativo pago na folha de julho de 2022; em dezembro de 2022; seria aplicado o percentual de 8% sobre os salários praticados em abril de 2022, sem retroatividade.

5% de reajuste do vale-alimentação

8% de reajuste do Auxílio Creche/Babá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here